Presidente do PT manda o recado: filiado que não deixar o governo do PSB pode ser expulso da legenda

Por |

O presidente do diretório estadual do PT, Charliton Machado, afirmou na manhã desta quinta-feira (2),  em entrevista ao repórter Fernando Braz,  que os filiados do Partido que não deixarem o Governo do PSB até o dia 21 de janeiro poderão ser  suspensos ou até mesmo expulsos da legenda.

Charliton Machado deixou claro que esse recado vale para todos os filiados, inclusive para o deputado Luiz Couto que anda dizendo que nesse momento a sua preocupação maior é com o projeto de reeleição da presidente Dilma e que as decisões tomadas pelo diretório estadual não valem nada. “ Luiz Couto é um filiado como outro qualquer, ele não está acima do partido”, enfatizou o presidente.

Ele deixou claro que essa decisão está numa resolução aprovada pelo partido e quem não seguir a maioria vai caminhar sozinho. “Luiz Couto teve uma votação de apenas 20% no PED que mostra que a sua política não está de acordo com a maioria e vai de encontro ao projeto do partido”, finalizou.

Paulo Cosme\Fernando Braz

    Sem tags.