Primeiro paciente a receber coração artificial no mundo já se alimenta e conversa com familiares

Por |

Um francês de 75 anos está alimentando e conversando com sua família após a cirurgia pioneira em um hospital de Paris em 18 de dezembro. O senhor recebeu o primeiro coração artificial do mundo, e provavelmente poderá andar até o final de semana. 
 
O coração artificial, que pode durar até cinco anos, foi testado com sucesso em animais, mas o implante em humanos nunca havia sido feito. A prótese desenvolvida pela empresa biomédica Carmat, deve ir parar no peito de mais três pacientes franceses. 
 
Dispositivos para dar assistência sobre o coração têm sido usados por décadas como uma solução temporária para pacientes que aguardam transplantes, mas a prótese biológica Carmat foi projetada para substituir o verdadeiro coração a longo prazo, imitando a natureza, usando materiais biológicos e sensores. 

Ele foi feito para prolongar a vida de pacientes que sofrem de insuficiência cardíaca terminal e não podem esperar muito tempo por um transplante de coração.
techmestre 
    Sem tags.