Coronel Euller destaca apreensão de mais de 3 mil armas além drogas e prisões na Paraíba

Por |

cel eullerO comandante geral da Polícia Militar da Paraíba, coronel Euller Chaves, fez, durante  entrevista ao Programa Rádio Verdade do Sistema Arapuan de Comunicação desta segunda-feira (21), um balanço das ações policiais em todo o Estado como também falou das operações de segurança que estão sendo realizadas pela Polícia Militar na Paraíba.

Entre as ações, o coronel destacou a apreensão de cerca de 3 mil armas, prisões de centenas de pessoas além de drogas somente este ano. De acordo com o comandante agora está em execução a Operação “Boas Festas” que conta com reforço policial em todas as cidades paraibanas com o objetivo de proporcionar mais segurança aos paraibanos e visitantes. “Iremos dar um atenção especial aquelas cidades onde haverá comemorações alusivas ao Natal e ao Final de Ano” destacou.

Sobre o ‘vazamento’ de informações de blitzen nas redes sociais, o comandante geral da PM fez uma apelo aos internautas que usem as redes sociais para fazer o bem, como por exemplo, divulgando informações de como evitar acidentes, os perigos de dirigir quando ingerir bebida alcoólica e outras dicas de segurança e de prevenção. “ É preciso que se respeitem o trabalho das forças de segurança pública e não desqualificar suas ações porque a divulgação das blitzen nas redes sociais não contribui para nada”, disse o comandante.

Sobre a operação Boas Festas – O comandante geral da PM explicou que o objetivo da operação “Boas Festas” é proporcionar segurança aos paraibanos e turistas que circulam neste mês de dezembro em toda a Paraíba e para isso a PM reforçou o policiamento a pé e motorizado, que mobiliza um efetivo extra de 2 mil policiais. Também estão sendo empregadas cerca de 300 viaturas em todo o Estado e um sistema de vídeo monitoramento na área central de João Pessoa.

O objetivo é diminuir o número de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI) e Patrimoniais nesta época de intensa movimentação no comércio, sobretudo pela injeção do 13º salário. A operação foi lançada nesta quarta-feira (12), no Ponto de Cem Réis, no Centro da Capital. “Esse incremento do efetivo vem de várias fontes: há o pessoal que trabalha na área administrativa e que teve a carga horária interna diminuída para dar apoio na rua; os policiais que estão nos cursos de Formação de Soldados ou de Oficiais, que também estão sendo empregados, já que as aulas estão em recesso; além daqueles PMs que voluntariamente assumem plantões extras”, explicou o comandante geral da PM, coronel Euller Chaves, durante o lançamento.

Mais um serviço – Euller Chaves também falou sobre o novo sistema de videomonitoramento, que está funcionando através de uma central móvel (um micro-ônibus), posicionada inicialmente no Ponto de Cem Réis.

Do local, a polícia acompanha toda a movimentação do comércio e pode acionar rapidamente o efetivo motorizado ou a pé ao captar qualquer ocorrência. Somente na Região Metropolitana, o policiamento recebe um reforço de 200 policiais, com foco nos principais corredores comerciais, como o Centro e Mangabeira.

Ele explicou que em todo o Estado, ainda serão montados preventivamente diversos pontos de checagem de veículos e pessoas, especialmente naquelas cidades sede de Batalhões ou de Companhia de Polícia Militar Independente.

Mais dados – O comandante destacou também a redução dos índices de criminalidades na Paraíba. Só no último mês de novembro, a redução de homicídios em relação ao mesmo período de 2011 chega a 17,4%. Em comparação com os anos de 2010 (redução de 26,9%) e 2009 (30%), a queda é ainda mais expressiva. No acumulado dos 11 primeiros meses deste ano (quando foram registrados 1.388 homicídios), a diminuição alcança o índice de 9,69%, em relação a 2011 (1.537).

Paulo Cosme