Ex-presidente da Câmara de Patrocínio é morto após fazer live com críticas

25/09/2020 | 03:53 |

O ex-presidente da Câmara e atual pré-candidato a vereador de Patrocínio, no Alto Paranaíba, Cássio Remis, foi assassinado na tarde desta quinta-feira (24) com vários tiros. O principal suspeito de praticar o crime é o secretário de Obras do Município e irmão do prefeito do Município, Jorge Marra.

O assassinato ocorreu nas dependências da secretaria após a vítima ter feito, momentos antes, um vídeo onde criticava uma obra de reforma do passeio no imóvel que seria o comitê do prefeito Deiró Marra (PSB), que disputa a reeleição no pleito deste ano.

Durante a gravação, Cássio Remis denunciava que a própria Prefeitura de Patrocínio estaria disponibilizando mão de obra para executar a reforma. Assista o vídeo:

O vídeo é interrompido pelo secretário Jorge Marra, que toma o celular de Cássio Remis e leva o aparelho para a sede da Secretaria de Obras. Quando a vítima chegou ao local, teria havido nova discussão e Marra atirou várias vezes contra o pré-candidato. Ele fugiu e é procurado pela Polícia Militar (PM).

Eleito em 2008, Remis foi o presidente do Legislativo municipal entre os anos de 2013/2014 e exerceu dois mandatos consecutivos entre os anos de 2009 e 2012 e de 2013 a 2016. Ele era pré-candidato a nova eleição pelo PSDB. Eram comuns os vídeos da vítima criticando ações do atual prefeito de Patrocínio, o que reforça a suspeita de crime político.

https://youtu.be/ee6vGqXiS2Q

Redação