Evento político da coligação “Picuí Segue em Frente” acontece nesta segunda (12)

Por |

A Coligação “Pela Reconstrução de Picuí”, representada pelos advogados Ravi Vasconcelos da Silva Matos e Jefferson Matheus Dantas de Araújo, ajuizou uma representação em desfavor dos candidatos Olivânio Dantas Remígio, a prefeito e Lucas Marques Oliveira, a vice prefeito, todos postulantes nas Eleições municipais de 2020, no município de Picuí/PB.

Na representação a coligação alegou em síntese, que os representados firmaram acordo com a coligação adversária e o Ministério Público Eleitoral para realizar apenas 1 (um) evento “grande” de propaganda eleitoral de rua por semana, como comícios, carreatas e passeatas. Acrescenta que foi realizado eventos “grandes” nos dias 6/10/2020 (terça-feira) e 8/10/2020 (quinta-feira), além do que há outro evento maior agendado para o dia 10/10/2020 (sábado), cuja realização caracterizaria descumprimento de cláusula do acordo firmado e requereu, como medida liminar, determinar que seja imediatamente proibida a realização do evento do dia 10 de outubro de 2020 pela coligação representada, tendo em vista a realização de eventos realizados nos dias 06 e 08 de outubro.

Após análise da documentação, o Dr. Anyfrancis Araújo da Silva, juiz da 25ª ZE, deferiu parcialmente o pedido de liminar e decidiu que a Coligação “Picuí Segue em Frente” não realize eventos com grande aglomeração de pessoas no período entre 09/10/2020 e 11/10/2020.

Clique Aqui e confira a decisão

Na noite desta sexta-feira (09), logo após a decisão do juiz eleitoral, o candidato e reeleição Olivânio Remígio, acompanhado do advogado Joagny Augusto, realizaram uma live nas redes sociais, onde trataram da suspenção do evento neste sábado (10) e anunciaram sua realização na segunda-feira, dia 12, feriado nacional.

Francisco Araújo/ClickPicuí