Em Frei Martinho-PB, professora é premiada pela Unesco

18/10/2020 | 01:33 |

A professora Júlia Lúcia da Silva, da Escola Municipal João Fernandes Falcão, da Comunidade Timbaúba, da cidade de Frei Martinho, Seridó paraibano, foi a única professora paraibana premiada em edital da Unesco. Ela também ficou entre as três premiadas a nível nacional.

O objetivo da premiação foi homenagear professores e professoras que durante a pandemia da Covid-19 estão criando novas formas de ensinar e destacar as vozes dos docentes que estão no centro dos esforços para atingir a meta da educação global de não deixar ninguém para trás.

Em celebração ao dia mundial e nacional do professor, ambos no mês de outubro, a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) fez um chamado a estudantes e professores para compartilharem mensagens de apoio e práticas de ensino de sucesso.

O prêmio é o resultado de um trabalho desenvolvido em coletividade na escola que tem como diretora a professora Rejane Medeiros, através da Secretaria Municipal da Educação, que tem a frente à professora Aguifaneide Lira.

Por Flávio Fernandes

Decisão Judicial

TSE derruba liminar da Justiça paraibana e ma...

19 horas atrás

Mais