Hamilton vence em Algarve e supera Schumacher e se torna maior vencedor da história da F1

Por |

92 vezes Lewis Hamilton. O piloto da Mercedes cumpriu as expectativas na manhã deste domingo (25) e se isolou como o maior vencedor da história da Fórmula 1 ao triunfar no GP de Portugal, no Autódromo Internacional do Algarve, em Portimão. Ele havia igualado o recorde de Michael Schumacher, estabelecido pelo alemão em 2006, há duas semanas.

A volta da F-1 a Portugal depois de 24 anos foi com bastante emoção. O Grande Prêmio reservou um início alucinante em uma mistura de traçado, temperatura e ameaça de chuva. Hamilton perdeu a ponta — a McLaren de Carlos Sainz chegou a assumir a liderança por alguns instantes —, mas retomou a frente a partir da volta 20 para guiar para mais uma vitória. Foi a oitava vez que o britânico venceu na temporada. Valtteri Bottas, da Mercedes, e Max Verstappen, da Red Bull, completaram o pódio.

Na comemoração de mais uma marca histórica, Hamilton abraçou a treinadora Angela Cullen, o seu engenheiro de pista Peter Bonnington, e o pai Anthony.

“Devo isso à [equipe da Mercedes] aqui e àqueles que estão na fábrica. Foi um grande privilégio trabalhar com eles. Eu só poderia sonhar onde estou hoje. Vai demorar um pouco para entender. Não consigo encontrar as palavras no momento”, disse Hamilton após a corrida.

Agora, Lewis Hamilton se aproxima ainda mais de seu sétimo título mundial. Ele soma 256 pontos, contra 179 do companheiro Valtteri Bottas, segundo colocado. A Fórmula 1 volta no próximo fim de semana, com o GP da Emilia Romagna, em Ímola.

Redação