Flamengo recebe o Internacional em final antecipada neste domingo (21)

Por |

O campeão brasileiro de 2020 pode sair neste domingo (21), no Maracanã. Líderes do Campeonato, Internacional e Flamengo se enfrentam no Rio de Janeiro, às 16 horas, pela penúltima rodada da competição nacional. Com um ponto na frente na tabela, o Colorado levantará a taça se vencer.

Mas o Flamengo de Rogério Ceni não fará concessões e promete lutar pelo título. Uma vitória deixará o Rubro-Negro na liderança e dependendo só de si para ser campeão na última rodada.

As duas equipes vivem grande momento nesta reta final do Brasileiro e têm campanhas semelhantes. Nos últimos seis jogos, por exemplo, quatro vitórias, um empate e uma derrota para cada um. O Inter, entretanto, não vence o Flamengo no Maracanã desde 2015. De lá pra cá, em quatro jogos, o Flamengo venceu todos, marcou oito gols e só levou um.

A equipe do experiente Abel Braga, contudo, já demonstrou sua capacidade e pode muito bem acabar com o jejum no Maracanã.

Cada time terá um desfalque importante na partida. O Flamengo não vai contar com Willian Arão, que quebrou um dedo do pé em um acidente doméstico na quinta-feira. Gustavo Henrique formará a dupla de zaga com Rodrigo Caio.

O desfalque de Abel também é na zaga. Víctor Cuesta recebeu o terceiro cartão amarelo na última rodada e dará a vaga para Zé Gabriel ou Pedro Henrique. Por outro lado, o Inter contará com Patrick, que volta de suspensão.

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO X INTERNACIONAL

Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)

Data: 21 de fevereiro de 2021, domingo

Horário: 16 horas (de Brasília)

Árbitro: Raphael Claus (Fifa-SP)

Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (Fifa-SP) e Neuza Ines Back (Fifa-SP)

VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (SP)

FLAMENGO: Hugo Souza, Isla, Rodrigo Caio, Gustavo Henrique e Filipe Luís; Diego, Gerson e Arrascaeta; Everton Ribeiro, Bruno Henrique e Gabigol

Técnico: Rogério Ceni

INTERNACIONAL: Marcelo Lomba, Rodinei, Lucas Ribeiro, Zé Gabriel (Pedro Henrique) e Moisés; Rodrigo Dourado, Edenilson, Patrick, Praxedes e Caio Vidal; Yuri Alberto

Técnico: Abel Braga

Redação com Gazeta Press