Corinthians empata, fica fora da Libertadores e praticamente rebaixa Vasco

Por |

O empate em 0 a 0 na tarde deste domingo, na Neo Química Arena, foi mais uma prova de que o Corinthians não vai para a Copa Libertadores e o Vasco deve disputar a Série B em 2021. Mesmo com objetivos claros, os dois times fizeram um jogo ruim, criaram pouco e não saíram do zero no duelo válido pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Timão, jogando em casa, teve maior posse de bola, mas levou pouco perigo – agora, sem chances, tem de se contentar com a vaga na Copa Sul-Americana. O Cruz-Maltino, que chegou ao jogo falando em #MilagreDeItaquera, precisará, agora sim, de um milagre na última rodada em São Januário para se livrar do rebaixamento. Assista aos melhores momentos da partida:

Como fica?

O Corinthians vai a 50 pontos, em décimo lugar, mas perdeu qualquer chance de Libertadores após o empate do Santos com o Fluminense. O Vasco vai a 38 e fica a três do Fortaleza, primeiro fora do Z-4, com 41 – e 12 gols a mais de saldo em relação ao Cruz-Maltino. CLIQUE AQUI e veja a tabela do Brasileirão.

O drama vascaíno

O Vasco tem chances remotas de permanecer na elite do futebol brasileiro: precisa vencer o Goiás em São Januário, na quinta-feira, torcer por uma derrota do Fortaleza para o Fluminense, no Maracanã, e tirar uma diferença de saldo que hoje é de 12 gols (-8 do Fortaleza e -20 do Vasco). A reação dos jogadores após o fim do jogo, porém, mostra que a Série B já é uma realidade – muito choro no banco de reservas.

Craque do JogoAndrey é consolado por Neto Borges após empate do Vasco com o Corinthians

Walter, goleiro reserva do Corinthians, foi o escolhido na votação popular mesmo sem ter entrado em campo. Os comentaristas Casagrande e Ana Thaís Matos votaram no volante Gabriel.

Primeiro tempo

O Corinthians teve a bola nos pés (58% de posse), mas foi pouco efetivo e só conseguiu criar pelo lado direito, com Fagner e Gustavo Mosquito – este último teve de ser substituído aos 33 minutos após uma pancada no joelho. Fernando Miguel só fez uma defesa mais difícil, em chegada de Fagner e chute cruzado. O Vasco, mesmo precisando da vitória para evitar o rebaixamento, teve a postura de esperar o rival e apostar em escapadas rápidas de Pikachu e Talles Magno. Nada aconteceu nos primeiros 45 minutos, porém. A melhor chance vascaína foi num chute de Carlinhos, que passou à direita do gol de Cássio.

Segundo tempo

Cazares começou a etapa final na vaga de Araos, mas o panorama do jogo foi praticamente o mesmo. Um Corinthians cauteloso, evitando sofrer contra-ataques, e um Vasco mais fechado e evitando sofrer o gol que poderia selar o rebaixamento. A melhor chance veio quase ao acaso, num cruzamento de Carlinhos que enganou Cássio e terminou no travessão. O Timão perdeu algumas chances no fim, principalmente com Jô, muito fora de ritmo, e o 0 a 0 se mostrou o placar mais justo.

Com G1