Maioria da executiva do PT rejeita possível filiação de Ricardo ao partido

Por |

Por maioria os representantes do PT da Paraíba rejeitaram a possível filiação do ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) ao partido, em reunião realizada na manhã deste sábado (30). Ainda não houve pedido oficial de Ricardo, porém, após conversas do político com a Nacional do partido, o PT decidiu se antecipar à decisão. De acordo com Josenilton Feitosa, secretário da Executiva Estadual do PT, em entrevista ao Portal Paraíba.com.br, 10 dos 18 membros votaram contra a filiação de Coutinho.

A reunião teve a participação do deputado federal Frei Anastácio e do deputado estadual Anísio Maia, além de outras lideranças do partido. Segundo Josenilton a decisão de rechaçar a possível filiação de Ricardo visa fortalecer a campanha de Lula na Paraíba. “Se [A filiação dele] vier, pela direção, não passa. A Nacional pode, mas vai trazer para si o ônus. Entendemos que a filiação de Ricardo reduz o palanque de Lula porque tiraria o governador João Azevêdo e outras lideranças do palanque, como Adriano Galdino. Se ele [Ricardo] quer votar em Lula, que seja como está, foi essa leitura que nos levou a tomar a decisão”, disse.

Para o secretário, Ricardo no PT reduz a disputa a uma “briga que ele tem com o governador e não interessa ao partido”, disse.

Outras filiações

Questionado a respeito de outros nomes que também teriam planos de ir para o PT, como Cida Ramos, Estela Bezerra e Márcia Lucena, Josenilton explicou que eles vão esperar a janela de filiação em março e que as discussões vão acontecer então. “Agora estamos discutindo o pedido de Ricardo, que ainda não é oficial, mas vamos rejeitar. Os outros quando chegarem vamos debater”, comentou.

“A avaliação é que mais uma vez o ex-governador tenta alterar o processo, ir para cima e resolver, como sempre, as questões”, disse ao citar a intervenção no diretório municipal do PSB em João Pessoa. “O PT é feito por baixo, por pessoas da base e não desse jeito. A direção estadual vai dizer não”, concluiu.

Na reunião também foi tirada uma comissão para elaborar uma carta dirigida à militância do PT e à população paraibana.

Participaram representantes das seguintes forças políticas:

Coletivo Reviravolta

Articulação de Esquerda

Militância Socialista

Avante

PT pela Base

Marília Domingues

    Sem tags.