João garante conversa com Romero nos próximos dias e afirma que terá nome do senador definido até janeiro: “Todos sabem que só existe uma vaga”

Por |

O governador da Paraíba, João Azevêdo (Cidadania), fez revelações sobre as articulações políticas que pretende realizar com vistas às eleições de 2022. O gestor garantiu que deve se reunir nos próximos dias com o ex-prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSD). Ele também afirmou que o nome para disputar a vaga de senador na sua chapa estará definido até o mês de janeiro do próximo ano.

Com o intuito de fortalecer o projeto de reeleição, João Azevêdo disse nesta terça-feira (23), em entrevista a rádio Arapuan FM, que está disposto a conversar com todas as forças políticas e ressaltou que o entendimento com o ex-prefeito da Rainha da Borborema está sendo construído. Segundo o gestor, a conversa com o presidente do PSD na Paraíba só depende de sua agenda.

O governador também falou sobre as especulações de uma possível formação de chapa com Romero, e lembrou que não pode formar chapa se ainda sequer conversou com ele. “Estamos discutindo, construindo, agora se vai gerar uma convergência maior vamos ver”, ressaltou.

Vaga para senador

Para compor sua chapa nas eleições de 2022, João Azevêdo tem dois nomes no páreo: os deputados federais Efraim Filho (DEM) e Aguinaldo Ribeiro (PP). O governador garantiu que fará sua escolha até janeiro de 2022, e deixou claro que seu palanque não terá apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

“Vários fatores vão definir esse nome e o mais importante é que não vamos aceitar em nossa chapa pessoas que apoiem a reeleição do presidente Jair Bolsonaro. Isso é uma incoerência muito grande”, disse o gestor estadual.

João Azevêdo destacou que a questão geográfica será um dos critérios de avaliação para compor a chapa, mas o que projeto político para a Paraíba também será discutido.

“Todos sabem que só existe uma vaga para senador e isso será definido com muita discussão, transparência, e de forma democrática, e no momento certo, todos tomarão o seu destino, o seu caminho”, destacou.

De acordo com o governador, tudo o que se tem discutido agora no campo político é pura especulação, “mas vai chegar o momento da objetividade”, afirmou.

Com Wscom

    Sem tags.