Bolsonaro confirma que servidores não terão reajuste e propõe dobrar vale-alimentação

Por - em 1 minuto atrás 2

O presidente Jair Bolsonaro (PL) confirmou nesta segunda-feira, 13, que os servidores federais não receberão um reajuste salarial neste ano de 2022. O mandatário, porém, alegou que o governo federal estuda a viabilidade para dobrar o auxílio-alimentação das categorias. “Lamentavelmente, não tem reajuste pra servidor. Nós estamos tentando agora, que tem que vencer legislação eleitoral, dobrar, no mínimo, o valor do auxílio-alimentação”, afirmou o chefe do Executivo a jornalistas próximo ao Planalto.

Não há informações do impacto orçamentário, ou seja, o quanto custaria a medida aos cofres públicos. A gestão Bolsonaro esbarrou na falta de recurso para conceder um reajuste aos servidores, com um aumento maior aos policiais – grupo que integra a base de apoio bolsonarista. O pagamento do vale-alimentação aos servidores ativos atualmente equivale a R$ 458 mensais. O último reajuste concedido neste valor ocorreu em 2016 e o benefício encontra-se abaixo do repassado pelos demais Poderes.

Redação

    Sem tags.