Jornalistas paraibanos apontam possíveis deputados federais eleitos nas eleições deste ano; confira nomes e surpresas

Por - em 15 minutos atrás 3

A cada semana que passa, as eleições gerais se aproximam. Junto com o pleito, vem a imprevisibilidade, devido aos nomes que estão (ou ainda não) postos para concorrer aos cargos em disputa em outubro. Um cargo em particular tem chamado a atenção de jornalistas e analistas políticos: o de deputado federal.

O Polêmica Paraíba ouviu a opinião de cinco profissionais da imprensa sobre o que pensam dessa imprevisibilidade e quem acham que podem ser eleitos para a Câmara Federal. Confira a seguir a opinião de cada um deles e seus prognósticos para as urnas.

Emerson Vasconcelos – portal cariridagente.com – Monteiro

O advogado e jornalista Emerson Vasconcelos acredita que o Republicanos terá o maior destaque nessas eleições para deputado federal, tendo a maior bancada eleita. Por outro lado, em sua visão, os tradicionais PSDB e MDB não terão parlamentares eleitos na Câmara e previu ainda que PSB e PL disputarão entre si uma possível segunda vaga oriunda das chamadas “sobras”. Veja seu prognóstico:

Damião Feliciano (União), Gervásio Maia (PSB), Hugo Motta (Republicanos), Lucas Ribeiro (PP), Luiz Couto/Frei Anastácio (PT), Mersinho Lucena (PP), Murilo Galdino (Republicanos), Ricardo Barbosa (PSB), Romero Rodrigues (PSC), Ruy Carneiro (PSC), Wellington Roberto (PL) e Wilson Santiago (Republicanos).

Da relação, vale destacar que a preço de hoje Lucas Ribeiro, vice-prefeito de Campina Grande, ainda não se coloca como pré-candidato ao cargo. Ainda, Emerson acredita que a disputa no PT será acirrada entre Luiz Couto e Frei Anastácio, afirmando que qualquer um dos poderá ser eleito. Contudo, em sua visão, o partido só elegerá um parlamentar.

Marcone Ferreira – atua no portal extrapb.com.br e possui o blog marconeferreira.com.br – João Pessoa

Marcone separou os atuais 12 deputados federais em um grupo de nove e outro de três, sendo esses três os que não irão disputar a reeleição a preço de hoje pois irão disputar outro cargo, casos de Pedro Cunha Lima (pré-candidato ao Governo) e Efraim Filho (pré-candidato ao Senado), além de Edna Henriques, que anunciou desistência da disputa.

Já dos nove parlamentares restantes, Marcone acredita que dois deles têm “poucas chances” de se reelegerem: Damião Feliciano (União) e Julian Lemos (União). Com isso, “sobrariam” essas cinco vagas em disputa, pois em sua visão, os demais sete serão reeleitos. Confira sua previsão:

Aguinaldo Ribeiro (PP), Frei Anastácio (PT), Gervásio Maia (PSB), Hugo Motta (Republicanos), Luiz Couto (PT), Mersinho Lucena (PP), Murilo Galdino (Republicanos), Raniery Paulino (Republicanos), Romero Rodrigues (PSC), Ruy Carneiro (PSC), Wellington Roberto (PL), Wilson Santiago (Republicanos).

Vale destacar que Marcone acredita na permanência de Aguinaldo Ribeiro na disputa por uma vaga na Câmara Federal. Outro destaque seriam quatro parlamentares do Republicanos eleitos, um terço da bancada.

Rudney Araújo – apresentador na Rádio Cultura FM e possui o blog emcimadanoticia.net – Guarabira

Rudney é outro que vê possibilidades de Aguinaldo Ribeiro não lançar sua pré-candidatura ao Senado e disputar a reeleição na Câmara. Caso isso aconteça, o jornalista acredita em sua vitória. Caso não, prevê que seu sobrinho, Lucas Ribeiro, “herde” a candidatura, dispute as eleições e seja eleito. Confira os prognósticos:

Aguinaldo Ribeiro/Lucas Ribeiro (PP), Damião Feliciano (União), Gervásio Maia (PSB), Hugo Motta (Republicanos), Julian Lemos (União), Leonardo Gadelha (PSC), Mersinho Lucena (PP), Murilo Galdino (Republicanos), Ricardo Barbosa (PSB), Ruy Carneiro (PSC), Welligton Roberto (PL) e Wilson Santiago (Republicanos).

Thalles Gadelha – jornalista e apresentador na rádio MaxCorreio – Sousa

Thalles Gadelha, ex-vereador e ex-vice-prefeito de Sousa, citou surpresas como Cabo Gilberto (PL) e Mikika Leitão (MDB), até então não lembrados no levantamento, com grandes chances de serem eleitos. Ele fez menções também a nomes como Raniery Paulino, Julian Lemos, Luiz Couto, que têm peso político e “podem surpreender”. Seus 12 possíveis eleitos são:

Cabo Gilberto (PL), Damião Feliciano (União), Frei Anastácio (PT), Gervásio Maia/Ricardo Barbosa (PSB), Hugo Motta (Republicanos), Mersinho Lucena (PP), Mikika Leitão (MDB), Murilo Galdino (Republicanos), Romero Rodrigues (PSC), Ruy Carneiro (PSC), Welligton Roberto (PL) e Wilson Santiago (Republicanos).

Thalles destacou a disputa entre Gervásio Maia e Ricardo Barbosa, dando um ponto a mais favorável a Barbosa a sua afinidade com o governador João Azevêdo. Ainda, disse que Leonardo Gadelha (PSC) briga muito forte por uma terceira vaga do partido caso haja uma “sobra”.

Zé Onildo – radialista da Sisal FM – Picuí

Zé Onildo trouxe outra surpresa ainda não citada pelos demais entrevistados. Ele aposta que o Policial Federal Caio será eleito nessas eleições, ou seja, deve assumir o lugar de Julian Lemos entrando na onda Bolsonaro. Onildo também crê que Aguinaldo disputará a reeleição, sendo assim reeleito. Ele ainda afirma que a concorrência desigual entre os atuais e os novatos pré-candidatos deve ser responsável pelo retorno de 60% dos parlamentares a Câmara Federal. Confira os seus palpites:

Aguinaldo Ribeiro (PP), Damião Feliciano (União), Gervásio Maia (PSB), Hugo Motta (Republicanos), Luiz Couto (PT), Mersinho Lucena (PP), Murilo Galdino (Republicanos), Policial Federal Caio (PL), Ricardo Barbosa (PSB), Romero Rodrigues (PSC), Welligton Roberto (PL) e Wilson Santiago (Republicanos).

Redação com PolêmicaParaíba

    Sem tags.