Putin diz que Rússia usaria armas nucleares para defender soberania

Por - em 54 minutos atrás 2

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, afirmou nesta sexta-feira, 17, que seu país não ameaça ninguém e só recorrerá a armas nucleares “se necessário”, para defender sua soberania. “Não somos uma ameaça, mas todos devem saber o que temos e o que usaremos se necessário para a defesa de nossa soberania”, disse Putin no Fórum Econômico Internacional de São Petersburgo. Putin considerou “irresponsáveis” as declarações de altos funcionários ocidentais de que a Rússia ameaça o mundo com suas armas atômicas. “Ouvimos esse tipo de retórica. Vamos ficar quietos? Respondemos como devemos. Assim que respondemos, eles se agarram a isso e dizem: a Rússia é uma ameaça”, lamentou. Sobre um possível confronto militar com o Ocidente, ele assegurou que os países ocidentais já declararam uma “guerra em grande escala” em países como Iraque, Líbia, Afeganistão e Iugoslávia.

Antes do início da atual campanha militar russa na Ucrânia, a Rússia acusou Kiev de tentar restabelecer seu potencial nuclear, do qual desistiu após a queda da União Soviética em troca de garantias de segurança. Além disso, Moscou advertiu para uma possível implantação de armas nucleares na Finlândia e na Suécia, uma vez que ambos os países ingressem eventual e formalmente à aliança militar.

Com JPan

    Sem tags.