Justiça Federal absolve empresários e reduz condenação de vereador de Campina Grande

Por - em 1 minuto atrás 2

Na manhã desta quinta (04), a 3ª Turma do Tribunal Regional Federal da 5ª Região, sediado em Recife, por maioria, absolveu empresários e reduziu condenação do vereador de Campina Grande Renan Maracajá.

A Operação Famintos foi desencadeada no em Campina Grande e outras cidades da Paraíba. A Polícia Federal, Ministério Público Federal e Controladoria-Geral da União investigaram um suposto esquema de desvios de recursos federais do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), geridos pela Prefeitura de Campina Grande. O prejuízo ultrapassou R$ 2,3 milhões.

Os advogados Aécio Farias e Ravi Vasconcelos, que defenderam o empresário Ângelo Felizardo, absolvido, alegaram que foi feita justiça.

Chamou atenção a quantidade das penas que tinham sido impostas na 1ª instância aos acusados. Frederico de Brito Lira, por exemplo,  havia sido condenado a 161 anos de prisão e teve pena reduzida para 03 anos e 10 meses. Já o vereador Renan Maracajá caiu de 36 anos para 02 anos e 04 meses.

Redação

    Sem tags.