Médico alerta que uma em cada 20 pessoas pode desenvolver dengue hemorrágica: “doença é grave e pode matar”

Por Por Lucilene Meireles/ClickPB - em 2 semanas atrás 31

Carnaval é um período de festas e diversão, mas apesar das brincadeiras e da alegria, o folião e toda a população não podem se descuidar da saúde. O pneumologista Alexandre Araruna alerta que uma em cada 20 pessoas pode desenvolver a dengue hemorrágica, uma doença grave e que pode matar.

Ele lembra que a dengue está atuando de forma intensa no meio das festividades de Carnaval e das recentes viroses respiratórias que foram registradas em João Pessoa e em todo o estado.

“A dengue está vindo nas formas clássicas, que as pessoas conhecem, com febre alta, dor pelo corpo, mal-estar, diarreia, coceira nos braços, manchas pelo corpo que surgem de forma inespecífica. Porém, uma em cada 20 pessoas pode ter a famosa dengue hemorrágica, uma doença perigosa e que pode matar”, avisa.

Conforme o médico, de forma especial, a dengue hemorrágica está surgindo entre os adolescentes, com idades entre 10 e 14 anos, e destaca a necessidade de vacinar esse público o quanto antes.

“Nós temos muito o que fazer e temos como evitar. Nós cidadãos, seres humanos, podemos evitar com que algumas áreas juntem água, mas também brigar, forçar os nossos governantes, federal, neste momento, para aquisição das vacinas e a distribuição de forma imediata”, diz.

A medida, segundo ele, é evitar que as pessoas morram pelas gravidades da dengue e também que outras não tenham tantos sintomas que podem ser evitados com o uso da vacina.

    Sem tags.